top of page
  • Geovana Silveira

4 MANEIRAS DE COMEÇAR O ANO REDUZINDO CUSTOS

Atualizado: 23 de jul. de 2023

Qualquer empreendedor de sucesso sabe que o principal fator responsável pela alta lucratividade de uma empresa é o reduzir custos na empresa , muito mais do que o aumento de vendas.


Uma empresa pode vender muito e agradar seus clientes, mas se os custos forem iguais ou superiores ao faturamento, ela não crescerá e, ao longo do tempo, pode ter problemas financeiros sérios.

Organização e planejamento devem fazer parte do dia a dia de qualquer negócio e saber exatamente onde o dinheiro está sendo gasto é fundamental para o crescimento da empresa.


Como reduzir custos na empresa

Comece reduzindo as perdas
Comece reduzindo as perdas

Muitas empresas desperdiçam dinheiro todos os meses por não saberem controlar seus custos operacionais. Mas infelizmente esse processo de controle financeiro não é tão simples.

Alguns custos não podem ser evitados, mas os outros podem e devem ser controlados. E para ajudar você a identificar quais deles podem ser revistos e reduzidos, e como fazer isso sem afetar o desempenho da empresa, hoje vamos dar algumas ideias para você começar o ano fazendo diferente.

PAPEL, FOTOCÓPIAS E IMPRESSÃO

Muitas vezes, por desconhecer os custos reais desses fatores no orçamento mensal, os empresários acabam considerando que essa é uma despesa irrelevante, o que é um engano.

O gasto com papeis e suas diversas utilizações está no topo do desperdício de dinheiro, justamente pelo seu mau uso.


A melhor forma de mudar essa realidade é desenvolver uma política de consciência ambiental na empresa para que as impressões sejam feitas apenas para o que é essencial.


Além disso, incentivar a utilizar sempre os dois lados da folha e também aproveitar as impressões que já não são utilizadas para rascunho, sempre que possível.

Hoje em dia existem diversas formas de compartilhar documentos e informações através de meios digitais, sem que seja necessário imprimir.

A soma de pequenos gestos conscientes pode trazer enormes benefícios para os custos da empresa e, nesse caso, para o meio ambiente também.

ENERGIA ELÉTRICA


O uso inconsequente da energia elétrica é outro grande vilão no orçamento da maioria das empresas.


Muitas vezes lâmpadas, computadores, ar condicionado e outros aparelhos são deixados ligados mesmo sem utilização, gastando energia elétrica sem necessidade.

Sempre que possível aproveite a luz solar para iluminar os ambientes, e mantenha apagadas as lâmpadas de corredores e salas vazias.


O ar condicionado deve ser utilizado com moderação, aproveitando o frescor da manhã e do final da tarde para mantê-lo desligado. Dessa forma, além da economia você também melhora a qualidade da saúde dos seus colaboradores, promovendo a troca de ar do ambiente.


Desligue sempre os computadores ao sair por mais de uma hora, pois deixando em standby também há o consumo de energia durante todo o tempo.


COPOS DESCARTÁVEIS PARA ÁGUA E CAFÉ


Hoje não há mais dúvidas sobre os impactos negativos para o meio ambiente do uso indiscriminado e inconsequente do plástico. Mas, assim como o gasto com papel, talvez você não perceba como essa despesa também afeta o orçamento da sua empresa.


Uma solução criativa é oferecer canecas ou copos térmicos individuais para os funcionários e incentivar que eles as utilizem.


Dependendo do tamanho, o custo inicial para a empresa pode ser um pouco mais alto se decidir comprar os utensílios para os funcionários, mas o valor economizado no primeiro mês pode até já compensar.


ESTOQUE MAL PLANEJADO


Esse é outro grande vilão do orçamento das empresas. Seja em relação aos produtos para consumo da própria empresa, seja dos produtos que serão vendidos aos clientes, fazer investimentos errados prende o dinheiro que poderia ser utilizado em outros setores ou oportunidades.


Comprar produtos que tem baixa procura ou que ainda tem no estoque é um mau negócio e pode comprometer o capital de giro da empresa, causando prejuízos com o armazenamento e com a possível deterioração.


E isso pode acontecer essencialmente por causa da falta de controle de estoque e planejamento, mas também pode ser resolvido facilmente com o uso de um software ERP que organiza as informações e avisa quando algum produto está com baixa quantidade.


Além disso, com ele é possível criar relatórios que permitem a identificação dos produtos mais vendidos ou utilizados, possibilitando realizar projeções para os próximos investimentos.


DICA FINAL


Também existem tecnologias, como a RFID, que garantem, por meio do uso de etiquetas, que o controle de estoque seja realizado em segundos com leitores manuais, e até mesmo, em tempo real com o uso combinado do RTLS.


Integrada a um software de gestão a tecnologia RFID permite a criação de relatórios com listagem de produtos, status, disponibilidade em estoque, informações de validade e prazos, localização e etc, de forma a criar projeções de vendas e campanhas para estratégias comerciais.

Reduzindo os custos
Reduzindo os custos

Isso reduz o tempo gasto com a verificação dos produtos existentes no estoque e diminui os custos com horas extras de trabalho de seus funcionários.


Se você quer começar o ano com menos gastos na sua empresa, adote uma política de redução de custos, invista nessas ações e veja o seu negócio decolar.



2 visualizações0 comentário
  • Whatsapp
bottom of page